Arquivo | Beleza e saúde RSS feed for this section

Design de sobrancelhas – Grande Desconto!

13 out

Para quem é fã de design de sobrancelhas, aproveite a promoção!!! Não sei quanto custa fazer a sobrancelha, mas 71% de desconto me parece algo motivador!!!

Quer saber mais?! Acesse o site ClickOn!

Beijos!



Anúncios

Manter a beleza e a saúde – Parte II

3 out

Bom dia, Noivas! Então, vamos continuar cuidando da saúde para no grande dia estarmos lindíssimas?! É, eu sei que às vezes é bem difícil fazer essas trocas saudáveis, mas uma ou outra troca já pode ser um começo, não acham? E a saúde agradece!

10 trocas contra o colesterol – Parte II

6) Cebola branca por cebola roxa

Essa troca pode ser estendida à alface e ao repolho: prefira sempre o roxo. As hortaliças com essa cor abrigam um pigmento que aplaca o colesterol, a antocianina, a qual reduz consideravelmente a concentração da gordura no sangue. Morangos e cerejas, saiba, também são reservas de antocianinas.

7) Molho branco por de tomate

O macarrão é o mais inocente por aqui. Quem incentiva ou não a escalada do colesterol é o molho — sempre. O branco é bem gordo. Em 2 colheres de sopa encontramos 4,5 gramas de gordura. Como o preparo exige creme de leite e queijo, o prato fica cheio de ácidos graxos saturados. Uma bela macarronada ao sugo não guarda esse perigo.

8) Chocolate ao leite pelo amargo

O doce de cacau se notabilizou como amigo do sistema circulatório. Mas não é todo chocolate que, de fato, prova sua amizade às nossas artérias. O tipo que merece respeito é o amargo. “Ele possui menos gorduras saturadas que o branco e a versão ao leite”, afirma a nutricionista Vanderlí Marchiori. Mas fique atenta ao rótulo: amargo de verdade tem mais de 60% de cacau em sua composição.

9) Frango com pele pelo frango sem pele

Muita gente pensa que basta despir uma coxa de frango assada no prato para se livrar de um boom de colesterol. Ledo engano. “Retirar a pele é, sim, fundamental, mas isso deve ser feito antes de levar a carne ao fogo”, esclarece a nutricionista Cláudia Marcílio. “Quando submetidos ao calor, a gordura saturada e o colesterol da pele conseguem se dissolver e penetrar na carne”, justifica Ana Maria. Aí, será tarde…

10) Pipoca de micro-ondas pela de panela

Faz toda a diferença investir um tempo a mais para estourar o milho no fogão. “É uma forma de controlar a quantidade de gordura no preparo, porque no produto de micro-ondas ela já é fixa”, argumenta a doutora em ciência dos alimentos Maria Cristina Dias Paes, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, em Sete Lagoas, no interior de Minas Gerais. “Na panela, dá para usar um óleo mais saudável, como o de canola”, diz Cristina. Daí, você aproveita as fibras do milho, deixando seu colesterol em paz.

Fonte: Revista on-line Saúde!



Manter a beleza e a saúde – Parte I

1 out

Planejar um casamento, embora seja algo totalmente prazeroso, pode resultar em noivas estéricas, neuróticas, descabeladas… Com tanto estresse e os nervos à flor da pele, cada noiva reaje de uma maneira. Há aquelas calmas ao extremo, que não se abalam por nada (Isso à vista dos outros, porque por dentro só ela sabe o que se passa). Há outras que estressam com tudo e com todos (Família, tenha paciência. Isso deve passar nos próximos dois anos. Espero que assim seja!). Há aquelas que descontam tudo na alimentação (Ainda bem que não é no noivo): comem compulsivamente como forma de aliviar a tensão. Mas vamos concordar que mesmo as noivas mais calmas exageram um pouquinho com a comida enquanto planejam o casamento. Afinal, com tantas degustações, impossível manter a forma, não é?!

É sobre isso que vamos falar agora…

Trabalhar, comer, dormir… tudo isso é importante! Mas jamais podemos esquecer de cuidar de nós mesmas e continuar bela sem , no entanto, prejudicar a saúde. Que tal começarmos cuidando da alimentação?! São dicas simples e que podem fazer toda a diferença!

Vamos saber como substituir alguns alimentos que elevam o nível do colesterol sem perder o prazer à mesa!

10 trocas contra o colesterol – Parte I

1) Pão francês por pão integral

A massa integral presenteia o organismo com boas doses de fibras. Esse ingrediente serve de alimento a bactérias aliadas que moram no intestino. Bem nutridas, algumas delas fabricam mais propionato,  substância que tem tudo a ver com os níveis de gordura na circulação, a qual ao chegar ao fígado diminui a produção de colesterol.

2) Leite integral por leite desnatado

Esse esquema garante a entrada do cálcio, tão caro aos ossos, sem um bando de penetras gordurosos. A bebida desnatada tem o mesmo teor do mineral, com a vantagem de ostentar menos ácidos graxos saturados, que elevam os níveis de colesterol ruim.

3) Óleo de soja e outros por azeite

O ganho dessa troca vem da combinação entre gorduras benéficas e antioxidantes que povoam o óleo de oliva. Uma de suas vantagens é fornecer doses generosas de ácidos graxos monoinsaturados, que não aumentam os níveis do colesterol ruim (LDL) e ainda ajudam a erguer um pouco as taxas do colesterol bom (HDL).

4) Salgadinhos por castanhas

Essa troca é destinada àquele momento em que pinta a fome no meio do dia. Solução fácil, mas nada saudável, seria recorrer aos salgadinhos ou biscoitos recheados, petiscos que costumam contar com gordura trans em sua receita. Para escapar do colesterol ruim, aposte nas castanhas e nas nozes — legítimos depósitos da gordura monoinsaturada, que faz exatamente o trabalho oposto.

5) Suco de laranja pelo de uva

Essa é para matar a sede e resguardar o peito. É na casca da uva que está um parceiro do coração, o resveratrol. “Ele atua na redução do colesterol e tem efeito antioxidante”, diz a bioquímica Tânia Toledo de Oliveira, da Universidade Federal de Viçosa, em Minas Gerais. Ao impedir que as partículas de LDL se oxidem, a substância evita indiretamente que elas grudem na parede do vaso. Ao contrário do que muita gente pensa, o resveratrol não é exclusivo do vinho. O suco de uva natural e feito na hora (com casca, por favor!) também o disponibiliza ao organismo.

Fonte: Revista on-line Saúde!