Archive | Por onde começar?! RSS feed for this section

Agenda dos noivos

14 nov

Eu sei que prometi postar a Agenda dos Noivos há um bom tempo. Mas são tantos detalhes que não quis elaborar com pressa. Quis listar cada detalhe desse grande dia. Aí está nossa Agenda Completíssima!

Afinal, é cerimonial, decoração, fotógrafo, cinegrafista, bolo, doces, vestido, salão, acessórios, orçamento… ufa! São tantas decisões e quase sempre nós mesmas é que temos de decidir! Isso porque podemos fazer um escândalo se alguém tomar uma decisão e simplesmente odiarmos. Comecei a organizar meu casamento mais ou menos em maio junho… realmente não é tarefa fácil, mas eu particularmente estou amando tudo isso! É sempre bom ter algo para pensar, decidir…

Porém, se não nos organizarmos, o sonho pode rapidamente virar um pesadelo!!! Já li muito sobre casamento,  talvez a única coisa que tenha feito nos últimos tempos. O fato de trabalhar com festas infantis também tem me ajudado a organizar as ideias. Por isso, pensando nas recém-noivas, preparei essa a AGENDA DOS NOIVOS. Mas é bom frisar que esse planejamento é totalmente flexível. Cada noiva tem sua personalidade, sua maneira de organizar as coisas. Assim, adapte essa agenda às necessidades do casal e conte-nos resultados e sugestões, ok?

O ideal é planejar o casamento com 12 meses ou mais de antecedência. Porém, se você não tem tanto tempo assim, não se desespere! É possível se organizar e seguir a agenda. Só será mais corrido, mas não impossível.

Então, vamos lá!


12 meses

  • Vamos nos organizar! Ao começar o planejamento, não temos a menor ideia do quê fazer e como fazer! Por isso, primeiro separe uma pasta (ou outro lugar) para guardar todo e qualquer material sobre casamento (revistas, por exemplo). Crie também uma pasta no computador para armazenar artigos, fotos (muitas) e ideias.
  • Se ficou noiva recentemente e pretende festejar, a hora é essa! Pode ser uma festa informal, ou um jantar, ou um almoço (apenas para familiares e amigos mais próximos).
  • Escolha, junto com o noivo, a data da cerimônia, tanto no civil quanto no religioso. A data pode ser alterada depois. Mas é bom que ela já esteja definida quando for assinar os contratos. Mudar isso depois pode ser uma grande dor de cabeça!
  • Depois de se familiarizar mais com o assunto (lendo blogs, revistas e sites), pense no tipo de evento que gostaria de ter: formal, informal, tradicional, moderno. Qual religião: católica, evangélica, protestante, ortodoxa… Além disso, é importante começar a pensar se o casamento será religioso ou somente no civil.
  • Decida, junto com o noivo, quanto pretendem e podem gastar para realizar este sonho. E tentem manter esse valor, embora eu saiba que isso é muito difícil. Nada pior do que começar uma nova vida cheia de dívidas, não é?!
  • Faça uma pré-lista de convidados, pois todo orçamento de serviços depende disso. Se o orçamento está apertado, convide somente as pessoas mais próximas. É importante também considerar a “lista de desejos” dos pais. Mas lembre-se: não há obrigação social de convidar aqueles parentes com os quais quase não tem contato.
  • Elaborada a pré-lista, calce os tênis, alongue-se e vamos às “pernadas”. Chegou a hora de andar, andar e andar conhecendo fornecedores e pedindo orçamentos.
  • Comece a visitar igrejas. Lembre-se de levar em conta o número de convidados. Uma igreja linda e enorme pode se tornar feia com poucos convidados. O contrário também é verdade: nada pior do que não ter onde se sentar.
  • Visite salões de festa e peça orçamento. Comece a pesquisar (nem que seja pela internet, orkut, como eu fiz) cerimoniais, fotógrafos, cinegrafistas, decoradora, doces e bolo, vestido, flores, penteados… O importante é ter uma ideia de quanto custará cada serviço. No entanto, isso pode ser feito com calma ao longo do percurso à medida que sentir necessidade.
  • Depois de pesquisar, é hora de conhecer pessoalmente os fornecedores e pedir orçamento. Pergunte muito e tire todas as dúvidas.
  • Uma dica super importante: antes de conversar com fotógrafos e cinegrafistas, tente ler um pouco sobre foto e vídeo de casamento, se tiver tempo. Assim, correrá menos risco de ser passada pra trás.
  • Se pretende fazer uma cerimônia ao ar livre, verifique se há tendas (em casos de chuva) e iluminação (isso o cinegrafista já leva. Caso não vá contratar este serviço, pense em alternativas).
  • Está fora de forma? Pode ser um ótimo momento para começar a cuidar de si mesma. Para quem gosta de malhar, a academia pode ser uma boa opção. Eu particularmente não gosto! Muito monótono! Acho que controlar a alimentação já é um bom caminho.
  • Muita coisa para somente o primeiro mês de planejamento?! Não se desespere! Dá tempo de tudo. Mas nada de deixar tudo pra véspera do casamento, hein?!

11 meses

  • Gostou do salão de festa? Então contrate o serviço, pois, se deixar para depois, a data escolhida pode já não estar disponível. O bom de contratar com antecedência é a possibilidade de parcelar até a data do casório. Lembre-se: antes de assinar qualquer contrato, certifique-se de que tudo o que foi acordado está incluso.
  • Com o local da recepção escolhido, pense na cor e nas flores da decoração. Todos os detalhes que virão depois dependem disso, a não ser que não queira harmonia entre o evento e o convite, por exemplo. Eu considero esse equilíbrio de cores um charme!
  • A música da  cerimônia e o DJ que irá animar a festa são fundamentais. Comece a pesquisar preço e qualidade. Se possível, busque referências quanto à qualidade do serviço. Quando achar os músicos dos seus sonhos, leia atentamente o contrato e assine-o. As músicas podem ser escolhidas mais pra frente.
  • Comece a ver fotos de vestidos de noiva ou visite lojas e/ou estilistas. Porque essa parte é a mais difícil de decidir, principalmente se for indecisa, como eu. Modelo, cor, arranjos, tudo isso tem de ser escolhido conforme seu estilo, altura, cor de pele, forma do rosto, etc.
  • Se planeja preparar um vídeo para transmitir no dia do casamento, comece a registrar histórias e fotos do casal.
  • Comece a contratar os fornecedores dos quais gostou.
  • Se for comprar uma casa, esse é o momento dos preparativos, como pesquisar locais e preços. Depois de comprada, pode-se iniciar uma reforma, se for o caso. Algumas coisas de solteiro podem ser aproveitadas.
  • Participe de várias degustações para escolher o buffet e o cardápio da recepção. A maioria dos salões já oferece diversos serviços no pacote. De acordo com o Código do Consumidor, você não é obrigado a fechar contrato com todos os serviços. No entanto, se quiser contratar outro buffet, a taxa cobrada é um absurdo!!
  • Se você é daquelas que adora fazer sozinha as lembrancinhas, já comece a pesquisar o que deseja fazer e como fazer, já que a cor da decoração já foi escolhida.

10 meses

  • Pesquise tradições da família que possam ser incorporadas à decoração da igreja e da recepção. Isso tornará o casamento muito mais único e especial.
  • Nesta fase, especialistas aconselham realizar todos os exames de saúde, inclusive o pré-nupcial. Entram na lista: ginecologista, dentista, clínico geral, etc. Alguns utilizam esse momento para descobrir possíveis traições. Não vá com essa mentalidade! Já é um péssimo caminho para a vida a dois.
  • Ainda não contratou foto e vídeo?!? Como mostrar aos outros o quanto foi lindo o seu casamento? Como relembrar com o passar dos anos daquele dia tão especial? Contrate agora mesmo um fotógrafo de sua confiança. Conheça de perto o trabalho dele em casamentos. Se for a mesma equipe da filmagem melhor ainda, pois com isso evitam-se transtornos futuros e conseguimos aquele desconto. Mas, se não for possível unir o útil ao agradável, contrate ambos (fotografia e filmagem), já!
  • Comece a pesquisar modelos de convites e lojas especializadas. Se quiser economizar, ainda pode confeccionar os próprios convites. No blog, postarei alguns “Faça você mesma!”. Sou adepta aos trabalhos manuais. São lindos e ainda ficam bem mais personalizados.
  • Decida convites especiais para os padrinhos (não é obrigatório, mas, se tiver dinheirinho para fazer, com certeza eles vão amar a surpresa!)
  • Vá no cartório para tomar conhecimento sobre a burocracia do casamento. Essa é a pior parte, mas é a mais importante! Afinal, sem toda aquela papelada nada dirá que estão casados.

9 meses

  • Nunca é cedo para pensar nos vestidos das damas-de-honra. Comece a pesquisar o estilo de vestido que aprecie mais. Decida se deseja daminhas (crianças), bridesmaids (adultas – atualmente muito frequente em casamentos), ou as duas.
  • Para sair tudo lindo nas fotos, que tal procurar um cabeleireiro? Parece cedo, mas não é! Procure alguém de confiança. Indicações são uma boa saída! Faça testes com antecedência de cabelo e maquiagem, mesmo porque o cabeleleiro precisa saber qual é seu estilo de vestido, qual arranjo você vai usar e qual penteado fica melhor para a sua estrutura física e molde do rosto.
  • Agora é uma época considerada boa para convidar os padrinhos, ou melhor, formalizar o convite.
  • Verifique os documentos necessários para a igreja e o cartório. É possível que cada um deles peça alguma coisa. Isso já pode ser feito no momento da visita à igreja.
  • Vá em degustações de bolos e doces. Gostou de algum fornecedor? Contrate pelo menos o mínimo para garantir o dia e o preço. (Foi isso que fiz!)
  • Comece a fazer as lembrancinhas, se for confeccionar sozinha!

8 meses

  • Convide as daminhas e os pajens, pois se não tiverem disponibilidade há tempo de convidar outras crianças.
  • Noivas: diminua as opções de vestido e tome uma decisão!!
  • Comece a ouvir músicas para casamento, tanto para a cerimônia quanto para a pista de dança. Pense no estilo de música que deseja.
  • Pense no penteado e nos acessórios do cabelo.
  • Planeje o design do convite e pense em quem vai fazer (loja especializada ou você mesma?).
  • Decida o celebrante (padre, pastor, juiz de paz…) e marque um encontro para planejar a cerimônia.
  • Com a festa adiantada, que tal dar atenção maior para sua casa, se for o seu caso? Defina os móveis, o acabamento, preços e estilos.
  • Finalize a lista de convidados só pra ver quem sai ou quem entra daquela feita há 4 meses.
  • Se pretende usar milhas para viajar até o seu destino de lua de mel, reserve o seu voo agora!

7 meses

  • Decida sobre florista e portador de alianças.
  • Pense no cortejo do casamento.
  • Ligue para os pais (no caso de crianças) das daminhas e pajes para confirmar se está tudo em ordem. Combine com eles quem alugará a roupa. É de bom-tom que os noivos fiquem responsáveis por isso.
  • Confirme tudo com os fornecedores e acerte detalhes pendentes.
  • Decidiu o vestido de noiva? Encomende-o ou alugue-o. Assine o contrato. (Não se esqueça de ler atentamente!)
  • É interessante criar seu site de casamento. Não para deixar sua lista de presentes! Mas para que os amigos e familiares acompanhem de perto os preparativos e saibam mais sobre a história do casal.

6 meses

  • Prove o vestido de noiva ou pelo menos passe por lá para acompanhar a confecção.
  • Compre as alianças ou leve as de noivado para polir, se preferir utilizá-las.
  • Neste mês, podem-se enviar pré-convites (save the date). Não é obrigatório! Caso ainda não tenha a lista definitiva, envie somente para algumas pessoas. Pois é feio enviar um pré-convite e depois não enviar o convite. Isso pode ser feito via e-mail (É mais usado em casamentos modernos e informais). Eu particularmente prefiro enviar os convites pessoalmente ou via correio, para parentes distantes.
  • Comece a montar o cardápio, seja jantar, coquetel volante ou ilhas.
  • Marque um dia para as prévias: da noiva, do noivo, romântica, etc. Essa é a grande oportunidade de se familiarizar com o fotógrafo antes do dia do casamento.
  • Planeje o ensaio do casamento, se houver. Pense em uma data mais próxima do casório.
  • Decida finalmente o vestido das daminhas e deixe reservado o aluguel.
  • Se ainda não tiver pensado no enxoval, comece a listinha agora mesmo!
  • Há convidados de fora da cidade? Decida como acomodá-los (em casa ou em hotéis?).
  • E a melhor parte da festa?! Aquela que os noivos saem fugidos… e vão para lua-de-mel!!! Não me esqueci, não! Corram para as agências e pesquisem as que lhe ofereçam o melhor pacote, os mais atraentes aos olhos e ao bolso. Isso se já não tiver reservado o voo com as milhas.
  • Decida o tempo, o lugar e arrume as malas. Planeje o roteiro de viagem para aproveitá-la ao máximo!!

5 meses

  • Finalize o cardápio e os detalhes do serviço.
  • Depois de pronto, leve os convites ao calígrafo para endereçá-los. (Não se esqueça de separar envelopes-extra).
  • E as lembrancinhas?! Opções é que não faltam! E são muitas lembrancinhas para escolher: embalagem pra bem-casado, madrinhas, padrinhos, mães, pais, daminhas, pajens… ufa! Esse mês é para aquelas que não têm tempo. Se esse não for o seu caso, já devia ter começado a confeccionar as lembranças, não acha?
  • Prepare um roteiro da cidade para que os hóspedes conheçam os pontos turísticos. Adicione essas informações no seu site de casamento, se tiver.
  • E quem disse que o noivo não participa? Noivo, decida o traje dos padrinhos (smoking ou terno?) e pesquise locais para comprá-los ou alugá-los.
  • Escolha e reserve todas as mesas, cadeiras necessárias para a recepção. (No caso de o fornecedor não ser responsável por isso)
  • Noivo: decida o tipo do seu traje.

4 meses

  • Como você já escolheu meses atrás quem iria tocar no seu casamento basta saber o que eles vão tocar. Na igreja ou na festa a trilha sonora é toda sua. Capriche a seu gosto!
  • Reserve um quarto de hotel para a noite de núpcias.
  • Noivo: se tiver optado pela confecção do traje, a hora de mandar fazer um é essa. Temos que contar com as provas, os ajustes, o conforto do noivo na hora “H”.
  • O buffet já foi escolhido? Lembre-se: não adianta a comida ser ótima e o atendimento deixar a desejar. Portanto, se o seu buffet não oferece o serviço de garçom, escolha uma boa equipe para fazer este trabalho.
  • Pegue os convites.
  • Converse com as madrinhas e os padrinhos sobre possíveis eventos pré-casamento, como chá de panela, festa de despedida, despedida de solteiro.Ouvir
  • Reúna todos os documentos importantes para uma lua de mel internacional (passaporte, certidão de nascimento, vistos, vacinas, etc).
  • Mande gravar as alianças de casamento para garantir que estarão prontas no tempo certo.
  • Se quiser lista de presentes, elabore agora!
  • Confeccione ou compre o livro de visitas para receber mensagens no dia do casamento.

3 meses

  • Esquecendo um pouco a comida, apareça no cartório com todos os documentos que já foram pedidos a vocês. Já deu tempo suficiente para providenciá-los.
  • É hora de entregar os convites aos convidados!
  • Escolha os acessórios das bridesmaid, se for o caso. Compre ou repasse as informações.
  • Informe aos padrinhos onde comprar ou alugar seus trajes.
  • Noiva: elabore um plano de beleza (massagens, tratamentos faciais, etc.). Se você estiver considerando clareamento de dentes, este é o momento de fazê-lo!
  • Planeje uma recepção para as crianças, se forem muitas.
  • Comece a trabalhar em sua cerimônia de votos, especialmente se você está escrevendo o seu próprio.
  • Noiva: compre o véu ou a mantilha e os sapatos de casamento (Este já pode ser escolhido bem antes). Ande bastante com o sapato, em casa, para que fique mais macio.
  • Faça a última prova do vestido de noiva.
  • Se vocês têm convidados de fora, que tal preparar um roteiro e levá-los para conhecer a cidade? Nesse caso, pode ser contratado um guia turístico.

2 meses

  • Converse com a cerimonialista e acerte os detalhes do casamento.
  • Elabore o programa de cerimônia.
  • Ao receber os presentes de casamento, não se esqueça de atualizar seus cadastros e gravar os presentes recebidos.
  • Confirme as reservas do hotel para convidados de fora.
  • Reserve um tempo para escrever bilhetes de agradecimento para os presentes recebidos. À medida que for recebendo, já vá escrevendo os bilhetes. Assim, fica mais fácil e não acumula serviço.
  • Depois da mudança para a nova casa, é bom conferir de perto se toda decoração está do seu agrado. Se o ambiente está harmonioso, prontinho para receber uma vida nova, cheia de energias boas.
  • Como você já pesquisou as agências, deu tempo para escolher qual delas e traçar o roteiro. Ligue e faça a sua reserva da lua-de-mel.
  • Organize e contrate, se for o caso, o transporte do dia do casamento para você, sua festa de casamento, e convidados (quando necessário).
  • Organize e realize o Chá de Panela.
  • Confirme a presença dos convidados.
  • Confirme a quantidade, o local e o horário de entrega do bolo e doces.
  • Confirme local, data e horário com todos os contratados.
  • Converse com o fotógrafo e combine com ele as fotos mais importantes a serem tiradas no grande dia.
  • Prepare uma nécessaire para a noite do casamento, com escova de dente, lingerie, etc.
  • Designe alguém para receber presentes que sejam entregues no dia da festa.
  • Se faltar algum pagamento para o dia do casamento, coloque-o num envelope, com indicação do destinatário, e entregue a algum familiar. Este será encarregado de efetuar o pagamento.
  • Deixe o roteiro de viagem com alguém em caso de esquecimento.
  • Noiva: verifique todos os detalhes do casamento e da lua-de-mel.
  • Finalize e confirme qualquer cerimônia especial, canções ou leituras com o padre ou juiz de paz.
  • Pegue o vestido de noiva
  • Confirme a noite de núpcias e as reservas de lua de mel
  • Elabore a programação para o dia do casamento.
  • Pegue as alianças e verifique as inscrições antes de sair da loja.

1 mês

  • É hora da mudança! Apenas dos pertences dos noivos para a casa nova. Para o lar doce lar.
  • Marque a hora do salão, pedicure, manicure, cabelo e maquiagem. (Isso se ainda não tiver feito.)
  • Aproveite está pendurada no telefone desde que decidiu se casar e ligue para todos os profissionais só para dar uma lembradinha que você está ali, esperando!
  • Vamos espairecer um pouco? Que tal elaborar a listinha de tudo que precisam levar para a lua de mel?
  • Ligue e confirme com a pessoa responsável por te ajudar a se vestir no dia do casório.
  • Se necessário e possível, marque um ensaio rápido com padrinhos, pais, daminhas e pajens.
  • Faça uma dieta balanceada. Noivas e noivos, nada de comer gorduras, chocolates, refrigerantes e doces em geral.

3 dias antes

  • Verifique se as alianças estão à mão, o passaporte, as passagens.
  • Verifique se os convidados que vieram de longe estão bem instalados.
  • Confirme as horas de entrega do buffet, do bolo, a chegada dos músicos, dos garçons, etc.
  • Se tiver que ir no salão enrolar os cabelos.
  • Durma cedo durante toda a semana que antecede o casamento. Nada de ficar com olheiras.

2 dias antes

  • A manicure já está te esperando! Faça os pés e as mãos. Aproveite para caprichar na depilação completíssima.
  • As malas da lua de mel já estão prontas certo? Confirme tudo o que é necessário levar. Não se esqueça da máquina fotográfica. Afinal, é preciso registrar tudo, não acha?
  • Tente relaxar no restante do dia. Curta o dia com seus hobbies ou com a família.

1 dia antes

  • Não faça nada hoje! Aproveite para ir ao massagista e fique extremamente relaxada!
  • Curta o dia!
  • Se seu casamento está marcada para a manhã, lembre-se de acionar o despertador. Por isso, durma bem cedo para não ficar com terríveis olheiras.

O GRANDE DIA

  • Nada de acordar tão cedo.
  • Alimente-se bem com frutas e chás.
  • Prepare-se para o dia da noiva. Lembre-se de vestir uma blusa que abra na frente para não desmanchar o penteado.
  • Evite qualquer tipo de dieta de última hora. Tomar laxantes para perder barriga nem pensar.
  • O ideal é se isolar num lugar para relaxar. Se for a semana inteira, melhor ainda. Deixe alguém de sua confiança para resolver os últimos detalhes e só apareça para ir ao salão e vestir-se. Isso pode ser feito duas horas antes da marcada na igreja ou recepção.
    Depois é só entrar no carro e chegar na igreja linda e maravilhosa.

O Pós-casamento

  • Enviar os cartões de agradecimento. Como você provavelmente já escreveu quase todos, pode incumbir alguém para enviá-los.
  • Depois que voltar da lua de mel, converse com o fotógrafo para escolher as fotos que irão constar no álbum.

Começando pelo começo…

16 set

Nunca fui muito fã de escrever em blogs, embora aprecie muitos que existem por aí. Eu achava que não teria tanta criatividade para escrever, escrever e escrever… Na verdade, apesar de ser fascinada pela internet, quando se trata de seus recursos – como blog, orkut, fotolog, twitter, facebook e a moda do momento: o vlog – nunca fui muito ligada. E, contraditoriamente, tenho quase todos. Mas tem uma coisa na qual sou viciada: e-mail! O meu fica aberto todo o tempo em que estou acordada… rsrs

Eis, então, que me surge um fascinante assunto: casamento!!! E o que é melhor: o MEU casamento! Este é um momento pelo qual esperei praticamente 26 anos. Sabe aquela brincadeira infantil de responder diversas perguntas sobre o futuro?!? Tipo: com quantos anos vai se casar? O que estará fazendo quando tiver tantos anos? E por aí vai… Nesses momentos, eu sempre me via casada, com filhos, etc. E nos meus sonhos sempre havia festa; isso pra mim não podia faltar. E finalmente meu dia chegou.

Li tantos sites e blogs sobre noivas, casamentos, buquês, vestidos, sapatos… quase enlouqueci de ver tantas maravilhas! Demorei quase dois meses para decidir escrever ou não um blog sobre isso. Mas não queria que ele fosse apenas mais um entre tantos. Meu sonho sempre foi festejar esse momento especial com pessoas também especiais. Porém, não queria, nem poderia gastar rios de dinheiro. Como moro em Taguatinga (Distrito Federal), e em geral as coisas aqui são mais baratas que no Plano Piloto, decidi dedicar este blog principalmente às noivas de Taguatinga e cidades próximas. Mas qualquer noivinha pode se juntar a nós para trocar experiências e ideias! Aqui o objetivo principal (e espero cumpri-lo com satisfação) será apresentar alternativas mais baratas, mas não menos sofisticadas, de realizar este sonho sem se individar.

No entanto, quando achar válido, mostrarei tendências e novidades que vão surgindo.

Antes de tudo, para que a cerimônia e a festa sejam um sucesso, e não um fiasco, é preciso planejamento! Muita gente desiste de casar, com festa e tudo, por causa dos gastos. E realmente a gente gasta mais do que queria. Mais uma vez, planejar é essencial!

Por isso, este blog vai conter dicas de planejamento, envolvendo finanças, preparativos, economia, etc. Além disso, será também um momento de descontrair. Nada de estressar por causa de tantas dúvidas e decisões a serem tomadas…

Beijos!!